São Jorge terá um novo Centro Administrativo

Imprimir

O Centro Administrativo de São Jorge mudou de endereço temporariamente e está atendendo no prédio da Associação Recreativa e Cultural São Jorge, mais conhecido como clube, na Avenida dos Imigrantes. A instalação foi adequada para comportar todos os setores necessários ao atendimento a comunidade. Somente a Secretaria de Obras continua com o mesmo endereço, junto ao parque de máquinas do município.

O antigo prédio está em processo escalonado de demolição, sendo que, neste primeiro momento, estão sendo retirados elementos de importância histórica que serão preservados, como parte do piso, escada de madeira e imagens das santas em azulejos, que farão parte de um espaço exclusivo no novo centro administrativo, um memorial, reservado para exposição e preservação da memória histórica.

O novo prédio terá predominantemente um único pavimento, permanecerá no mesmo nível, ocupará o espaço da antiga construção e do estacionamento existente ao lado, totalizando 1.848,56 m².

O projeto foi pensado e planejado, levando em conta o programa de necessidades junto a cada setor. A construção em sistema modular com painéis, em sua maioria móveis, em vidro ou gesso, permitirá facilidade de alteração de layout, integrando ou separando ambientes.

O conceito de sustentabilidade também foi levado em conta, onde os ambientes terão ventilação cruzada, através de jardins internos centralizados, o que possibilita que os setores sejam voltados a eles, no interior, deixando a fachada livre para contemplação da cidade. Além de proporcionar boa iluminação natural e conforto térmico.

O local onde está hoje está a Secretaria de Obras será transformado em estacionamento, com paisagismo, criando conceito de parque administrativo, onde dele, será possível acessar os diferentes setores, como o antigo posto de saúde, o museu e o centro administrativo.

O acesso principal continuará sendo pela Avenida Daltro Filho, através de escada, que manterá o estilo da existente, mas precisará ser construída um pouco ao lado, com o intuito de estar centralizada em relação a nova construção.

O novo prédio abrigará também a Câmara de Vereadores, sendo que os espaços podem ser separados entre si, ou integrados, de maneira que o auditório, utilizado nas seções dos legisladores, poderá também ser usado para outros fins da comunidade, como reuniões, palestras, treinamentos, audiências, dentre outros.

A apresentação deste projeto e demais assuntos pertinentes foram debatidos em audiência pública realizada em outubro de 2019, contando com a presença do promotor, líderes locais e comunidade em geral.

A obra foi licitada em R$ 2.897.505,17 (dois milhões, oitocentos e noventa e sete mil, quinhentos e cinco reais e dezessete centavos), sendo que destes, R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) financiado pelo Badesul e, o restante, são recursos próprios.

O prazo previsto em contrato com a empresa vencedora da licitação é de 12 meses, com possibilidade de prorrogação.